Tecnologia do Blogger.
RSS


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

cão com dor de ouvido?

Seu cão está com dor de ouvido?

Assim como os seres humanos, os cães também sofrem (e muito!) com infecções de ouvido. Chamada de otite canina, a doença é tão dolorida quanto nas pessoas e podem deixar o seu animal desanimado e até irritado. Nos cachorros, existem três tipos da enfermidade: infecção viral, bacteriana e fúngica.
CONHEÇA AS CAUSAS:
As otites caninas são desenvolvidas, geralmente, por alguns descuidos, como:
  • Água que fica dentro do ouvido depois um mergulho;
  • Parasitas ou corpo estranho no ouvido, como carrapato;
  • Problema de tireóide do cão;
  • Alergias;
FIQUE DE OLHO NOS SINTOMAS:
  •  Forte odor na orelha infectada;
  • Sensibilidade ou dor toda vez em que a orelha é tocada ou se move;
  • O cão sacode a cabeça mais do que o usual e esfrega a orelha infectada excessivamente;
  • Infecção amarela ou escura no ouvido;
  • Vermelhidão ou sangramento na pele.
APRENDA A PREVENIR:
Para evitar que seu cãozinho sofra este problema, tome os seguintes cuidados:
  • Limpe o ouvido do cão semanalmente;
  • Limpe o ouvido do cão após cada mergulho;
  • Remova pelos de dentro da orelha do cão
TRATAMENTO EFICAZ:
As otites caninas normalmente levam de três a seis semanas para desaparecerem completamente com o tratamento, incluindo a limpeza o ouvido duas vezes ao dia. Mas um alerta: a displicência com a doença pode levá-la a um caso mais sério. Por isso, na dúvida, leve o seu cão a um veterinário.

Para cuidar do seu pet, a Ceva Brasil lança no mercado o Kit Otodem, uma solução para limpeza da orelha dos cães e tratamento da otite. Para usar os produtos é bem fácil: basta limpar todo pavilhão auricular com algodão embebido com Otodem Auriclean e, em seguida, aplicar de 3 a 5 gotas do produto e massagear a base da orelha.
Seguido disso, para o tratamento da infecção, deve-se aplicar 5 a 15 gotas de Otodem Plus, 2 a 3 vezes ao dia, ou conforme orientação do Médico Veterinário. 
                       

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

Natação bom pra cachorro? Descubra os benefícios!

Labradores, em geral, adoram pegar uma piscina, assim como Golden Retrievers e outros que já nascem com afinidade com a água. Portanto não estranhe se você ouvir falar de um cão que pratica natação! Pois é, a natação hoje não é um privilégio só dos labradores que possuem como característica da raça a adoração por água e conseqüentemente piscinas, rios e lagos. Essas são as raças mais freqüentes em clínicas veterinárias e espaços afins que oferecem natação como uma atividade para descontrair, acabar com o estresse e cuidar da saúde dos cães.

A natação é melhor que uma caminhada num parque, por exemplo, porque diminui a temperatura corporal do cão. O contato com a água faz com que ele perca calor rapidamente, mesmo numa piscina aquecida, ele não sofre com o calor excessivo. O fato de a natação também ser uma atividade de baixo impacto para as articulações é outro positivo, assim como é para os seres humanos. A hidroterapia como é tecnicamente chamada engloba todas as terapias onde se utiliza água. São exercícios orientados por um médico veterinário, fisioterapeuta, possibilitando movimentos que muitas vezes seriam impossíveis serem executados fora da água. Com isso, o animal ganha força muscular sem sobrecarregar as articulações, amenizando a dor e o desconforto.

Animais com displasia coxo-femural, problemas de coluna, em recuperação de fraturas ou luxações possuem melhores resultados quando a natação faz parte do tratamento de reabilitação. Geralmente é recomendada duas vezes ao dia, iniciando à partir de 15 dias após a cirurgia, dependendo de como estiver o processo de cicatrização. Os resultados são visíveis após 2semanas de tratamento. Também pode ser utilizada para perda de peso em pacientes obesos, geriatria e problemas neurológicos. Para a prática pode-se utilizar a piscina da própria casa onde o cão vive ou até mesmo buscar um local mais específico com raias para cães ou esteiras aquáticas. Já existem canis e spas com piscinas projetadas especialmente para os cães.

Mas alguns cuidados são necessários, ao contrário do que muitos pensam, os cães não nascem sabendo nadar, precisam ser incentivados aos poucos. Eles correm riscos se você simplesmente jogá-lo na água. Pode-se começar levando o animal para um passeio à beira de uma lagoa ou praia e deixá-lo experimentar a sensação de ter água a altura das patas. Tudo deve ser feito com muita brincadeira. Cuidado com as bordas da piscina, que devem ter acabamento antiderrapante ou serem protegidas com uma borracha para que, ao pular, o cachorro não bata as patas, sinta dor e rejeite a brincadeira na água.

O dono também deve ensinar o animal a sair da piscina, não só tendo o apoio de degraus ou plataformas, mas também o treinando a sair de qualquer ponto da piscina, quer tenha um suporte ou não. O cão corre o risco de morrer por exaustão, tentando sair da água. A dica é usar uma guia e chamar o cão a partir de várias partes da borda da piscina para que ele treine essa saída. Não se pode ter pressa: o cão leva um tempo para assimilar essa parte. Os donos também devem isolar piscinas que estejam em reforma, para não correr o risco de o animal se acidentar ao pular numa piscina sem água. No mais, é curtir a brincadeira com o seu amigão.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

06 09/2011 Jessie, o cãozinho que ajuda nas tarefas domésticas!

http://www.youtube.com/watch?v=LgBKhj48VDY&feature=player_embedded

Jesse é um cachorro muito bonzinho e prestativo!
Sabe quando chega o final de semana e você dá pulos de alegria só de saber que tem dois dias inteirinhos livres?! Tempo livre para relaxar a cabeça dos estudos, entrar na internet, sair com as amigas…coisa boa, né? E quando você está no telefone com a sua BFF combinando aquela balada descolada, sua mãe bate na porta do seu quarto e diz que é hora de…de… ajudá-la a lavar a louça! Ihhh, bate aquela preguiiiiça, não bate?  Agora, imagina só se você contar com a ajuda de um cãozinho muito prestativo para fazer a faxina geral na sua casa!
Jessie ajuda até a levar o carrinho do supermercado! Fofo!
Sim, o Jessie, cachorro da raça jack russell terrier, adora ajudar nos afazeres domésticos da casa! Ele recolhe as roupas sujas, ajuda na hora de cozinhar, joga a sujeira no lixo, arruma a cama, faz café, organiza as roupas na gaveta e até empurra o carrinho do supermercado! Dá pra acreditar? Muuuuito fofo, né?
http://www.youtube.com/watch?v=LgBKhj48VDY&feature=player_embedded

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

Cuidados com o seu pet na época do Natal e Ano Novo! =D

O Natal está chegando e essa é uma época para ficar de olho no seu pet. Sim, isso porque os enfeites de Natal como as bolas coloridas e piscas-piscas podem ser um PE-RI-GO para o seu bichinho! Então, para curtir essa época do ano com muitas risadas, é preciso tomar alguns cuidados especiais em casa!
Um dos perigos, de acordo com a Dra. Carla Berl, do Hospital Veterinário Pet Care, é o pisca-pisca! Sim, porque eles tendem a roer tudo que encontram pela frente e o pisca-pisca pode eletrocutar. “Já atendemos desde cães e gatos eletrocutados porque brincaram com os fios até pets que comeram enfeites pendurados na árvore de Natal“, comenta. Triste né, gente?  =( Por isso, é importante deixar a árvore de Natal em um lugar que o seu bicho não alcance de jeito nenhum!

Deixe os enfeites de Natal longe do seu pet!
Outro cuidado muuuuito importante que se deve ter com o seu pet é com a ceia de Natal! Nesse período de festas de final de ano, aumenta ainda mais a quantidade de pets intoxicados por comerem algo que não estão acostumados! “Devemos ter cuidado e evitar oferecer restos de comidas natalinas aos animais. Todo ano temos vários pets intoxicados, com vômitos e diarreia,que acabam passando muito mal”, disse Carla.
Já na noite de réveillon, a dica é não desgrudar do seu cãozinho ou gatinho! Eles ficam muito assustados com os fogos de artifício e chegam a tremer muuuito de medo. Uma opção é colocar algodão no ouvido do pet para abafar o barulho. Mas o mais importante mesmo é ficar bem perto do bichinho e dar muito carinho a ele para que possa se acalmar aos poucos.
Anotou as dicas para um Natal perfeito ao lado do seu pet? ;)O Natal está chegando e essa é uma época para ficar de olho no seu pet. Sim, isso porque os enfeites de Natal como as bolas coloridas e piscas-piscas podem ser um PE-RI-GO para o seu bichinho! Então, para curtir essa época do ano com muitas risadas, é preciso tomar alguns cuidados especiais em casa!
Um dos perigos, de acordo com a Dra. Carla Berl, do Hospital Veterinário Pet Care, é o pisca-pisca! Sim, porque eles tendem a roer tudo que encontram pela frente e o pisca-pisca pode eletrocutar. “Já atendemos desde cães e gatos eletrocutados porque brincaram com os fios até pets que comeram enfeites pendurados na árvore de Natal“, comenta. Triste né, gente?  =( Por isso, é importante deixar a árvore de Natal em um lugar que o seu bicho não alcance de jeito nenhum!
Deixe os enfeites de Natal longe do seu pet!
Outro cuidado muuuuito importante que se deve ter com o seu pet é com a ceia de Natal! Nesse período de festas de final de ano, aumenta ainda mais a quantidade de pets intoxicados por comerem algo que não estão acostumados! “Devemos ter cuidado e evitar oferecer restos de comidas natalinas aos animais. Todo ano temos vários pets intoxicados, com vômitos e diarreia,que acabam passando muito mal”, disse Carla.
Já na noite de réveillon, a dica é não desgrudar do seu cãozinho ou gatinho! Eles ficam muito assustados com os fogos de artifício e chegam a tremer muuuito de medo. Uma opção é colocar algodão no ouvido do pet para abafar o barulho. Mas o mais importante mesmo é ficar bem perto do bichinho e dar muito carinho a ele para que possa se acalmar aos poucos.
Anotou as dicas para um Natal perfeito ao lado do seu pet? ;)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

Refresque seu animal de estimação


Quando você passeia com seu cão e logo ele fica com a língua pendurada pra fora da boca, significa que ele está com sede, certo? Não! A língua pendente é um dos sinais de que o cachorro sente calor. Diferente das pessoas, ou mesmo de animais como os cavalos, os cães não transpiram pela pele. Para perder calor, eles contam com a língua de fora, e com pequenas áreas do corpo como o nariz e as “almofadinhas” das patas. “Por isso no verão eles podem passar mal ao passear, vivenciar situação estressantes ou mesmo ao tomar um banho quente no pet shop”, diz Marcelo Quinzani, diretor clinico do Hospital Veterinário Pet Care. Segundo o veterinário, é até mesmo comum que durante os meses quentes alguns animais morram de calor sem que seus donos entendam o que aconteceu.
Mas não se desespere! Antes de jogar cubos de gelo no seu cão ou enfiá-lo no freezer, confira dicas de como refrescar o pet nos dias quentes.
Cuidados dentro de casa
É importante controlar o ambiente no qual o animal passa a maior parte do tempo. No caso dos cães e gatos, garanta que eles possuam uma boa sombrinha durante todo o dia, e troque a tigela de água com bastante frequência para manter seu conteúdo fresco. Cães ou gatos com pelagem clara estão sujeitos ao câncer de pele, principalmente em regiões sensíveis como o nariz e as pálpebras. Por isso, passar protetor solar nestes lugares é um hábito saudável. Existem no mercado produtos especializados para os pets, mas o protetor humano também pode ser utilizado. Basta fazer um teste de sensibilidade no animal.
Se você possui pássaros ou roedores, o cuidado com a exposição ao sol deve ser ainda maior, pois os animais não têm como sair das gaiolas ou terrários. Uma boa dica para quem tem aves tropicais é borrifá-las com água mineral. Já os répteis agradecerão caso os donos verifiquem constantemente a temperatura de seus terrários.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0




















  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

O COPROVET foi desenvolvido pelo Laboratório Coveli e tem exatamente o mesmo princípio ativo do ANTI-COPROFÁGICO DETER - produto importado com exclusividade pela BitCão por muitos anos, com grande aceitação e resultados do mercado internacional. O fato do COPROVET ser fabricado no Brasil é uma vantagem a mais para os clientes BitCão, pois podemos garantir o estoque regular do produto e ainda oferecer um preço mais em conta para nossos clientes.

A coprofagia (ingestão de fezes) é um problema que aflige vários cachorrinhos e algumas raças em especial.

Exitem aqueles que comem cocô por puro tédio, ou para manter o local limpo e sem vestígios para evitar broncas e punições. Alguns até nem chegam a comer todo o cocô, mas brincam com eles e carregam pedacinhos na boca.

Mesmo sendo um comportamento normal para os cães, este hábito é bastante desagradável para os donos que acabam se afastando de seus peludos. Com o afastamento vem um aumento na ansiedade para o cachorro, especialmente se for filhote, e o problema acaba se agravando.

O uso do COPROVET é extremamente simples e não tem efeitos colaterais.

O COPROVET é composto de ingredientes naturais que deixam as fezes com um sabor e odor                                  nada atraentes para o cão, além de possuir a vitamina B1 que age quando a causa do problema é digestiva.

Ele é mais eficaz do que soluções caseiras como, por exemplo, colocar pimenta em cima das fezes, pois como ele é ingerido e processado pelo cachorro você não vai precisar ficar vigiando cada ida ao banheiro do seu cão para colocar a pimenta.

O COPROVET é eficaz quando o problema da coprofagia ocorre por causas COMPORTAMENTAIS e DIGESTIVAS.

As principais causas da coprofagia são:

       - Pouco exercício ou só exercícios esporádicos
       - Ansiedade
       - Solidão (mais de 4 horas sozinho)
       - Medo de ser corrigido por fazer as necessidade em locais errados
       - Curiosidade natural de filhotes
       - Instinto de limpeza exacerbado
       - Tédio provocado por falta de estímulo e poucos brinquedos adequados
       - Compulsão oral (necessidade constante de estar com “alguma coisa” na boca)
       - Tendência genética (Lhasa-Apso e Shih-Tzu)


Se o problema de coprofagia do seu cão é causado por má absorção dos nutrientes da alimentação, ou se você não sabe identificar a causa, veja também o produto Organnact Pet Probiótico, que age reforçando as “bactérias boas” do trato intestinal do cão e melhorando a sua digestão. Assim ele não terá necessidade de comer suas fezes.

A caixa do COPROVET contém 20 comprimidos. A dosagem diária é de um comprimido para cada 5kg de peso do cachorro por duas semanas. Se os resultados não forem satisfatórios dobre a dosagem e administre por mais duas semanas. Alguns cães precisarão ser mantidos em um tratamento preventivo para não retornar ao hábito de ingerir fezes. Nestes casos mantenha o protocolo de dar um comprimido diário para o cão. Vide instruções na caixa. Não tem contra-indicações.

Para facilitar o tratamento do seu cão a BitCão oferece, com preço especial, o conjunto de 60 comprimidos – suficiente para o tratamento por 4 semanas de um cão com até 10 quilos de peso -, e o conjunto de 120 comprimidos – suficiente para o tratamento por 4 semanas de um cão de 11 até 20 quilos de peso.

Se for necessário você também pode adquirir caixa com 20 comprimidos para fazer a manutenção ou para ajustar a dosagem necessária de acordo com o peso do seu cão.

Conforme o fabricante, testes realizados mostraram que o COPROVET é eficaz em acabar com a coprofagia em cães entre 95%e 98% dos casos. No caso de desordens digestivas o Organnact Pet Probiótico é um complemento importante do tratamento, pois aumenta a digestibilidade e a boa absorção dos nutrientes pelo organismo do seu cão.

IMPORTANTE:

- Consulte sempre o seu veterinário.
- Não é recomendado para filhotes com menos de 8 semanas de vida, nem para cadelas grávidas ou amamentando.
- O COPROVET pode ser dado aos gatos (no caso do cachorro comer as fezes do gato).

COMPOSIÇÃO:
       - Cloridrato de Tiamina (Vitamina B1): 0,5 mg
       - Extrato de Capsicum Oleoresin: 100,0 mg

APRESENTAÇÃO:
       - Tratamento com 60 comprimidos: para cães com até 10kg de peso.
       - Tratamento com 120 comprimidos: para cães com 11kg a 20kg de peso.
       - Tratamento de manutenção com 20 comprimidos

Se o seu cachorro tem mais que 20kg de peso calcule a quantidade de comprimidos para o tratamento de um mês multiplicando o peso do cachorro por 9. Por exemplo, se seu cão tiver 25kg ele irá precisar de 225 comprimidos - já considerando 15 dias com a dose normal e mais 15 dias com a dose dobrada.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0


 tão perfeito como esse… (Amanda

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0



Não, eles não são perfeitos. Eles vão te morder, latir, chamar sua atenção, pedir comida, carinho, vão fazer cocô e xixi no lugar errado, vão bagunçar a sua casa, mas em compensação, te darão todo o amor e carinho possível para você nunca se sentir sozinha. Ás vezes eles passam dos limites, mas pensesem eles, é como você perder seu melhor amigo.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

image
image
image
image
image
image
image
image

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

Tumblr_lgmt3ghdnt1qc427lo1_500_large

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

A cada dia as notícias de violência e abandono de animais se tornam mais frequentes. A sociedade já se acostumou em ver esses anjinhos sofrerem...Mas eu nunca me conformarei!Como amante dos animais eu me vejo na obrigação de falar sobre isso em meu blog. Vamos dar um basta nessa situação, comigo?


Como alguém consegue ser capaz de abandonar uma criatura tão amável nas ruas? Porquê está comendo as flores do jardim? Por quê late demais? Por quê vai viajar? Não, isso não é justificativa. Isso é problema seu! Quem quer um animalzinho se compromete com tudo isso e sabe das consequências de ter um anjo desses em casa. Animal nenhum, seja da espécie que for, merece ser abandonado nas ruas e destinado a viver sujo, com fome, com sede, sem carinho, sem uma cama quentinha...Além disso, muitos cães de rua são mal tratados e espancados por  bêbados e até mesmo pessoas sem caráter, que se julgam superiores por serem seres humanos. Agora eu te pergunto: que tipo de ser humano seria capaz de fazer mal à anjos como esses animais? 
Se alguém não têm condições econômicas, físicas ou emocionais para manter um animalzinho com tudo que ele tem direito, nós, defensores dos animais pedimos, encarecidamente, que NÃO adote ou compre! Porque, depois, quando você precisar se desfazer dessa criaturinha, ela vai sofrer muito sem merecer! E você não vai poder se justificar...

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

Andre Macedo


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read User's Comments0

GIRLSPT.COM - Cursores Animados